spirandi3_edited.jpg
spirandi 1.png

Máscara de ventilação não invasiva

Sobre a SPIRANDI

WhatsApp_Image_2021-03-29_at_16.34_edite

A fim de auxiliar no tratamento de pessoas com sintomas leves e moderados associados à COVID-19, uma equipe de pesquisadores ligados ao Grupo de Pesquisa em Instrumentação Eletrônica da UFS, em colaboração com pesquisadores e profissionais externos ao Grupo e à UFS, desenvolveu um sistema baseado nas máscaras de Ambu e CPAP que permite a utilização de diferentes métodos de oxigenoterapia e de Ventilação Não-Invasiva (VNI). De forma similar ao Helmet, o objetivo principal do sistema proposto é permitir a utilização de tratamentos menos invasivos, aplicando pressões positivas nas vias aéreas do paciente, sem colocar em risco (ou minimizando-o) a saúde dos profissionais e de outros pacientes.

O sistema é de baixo custo, fácil montagem e pode operar utilizando gases fornecidos pelas linhas do hospital e por cilindros ou ainda conectado a um ventilador mecânico. 

A prestação de contas pode ser acessada na aba Documentação.

Contribua com nosso projeto clicando aqui.

Vantagens

Pouco invasivo

Recuperação mais rápida do paciente

Liberação de leitos de UTI

Spirandi na Mídia

Matéria Rádio UFS
Matéria Rádio UFS

Máscara de ventilação desenvolvida na UFS auxilia pacientes com covid-19

press to zoom
Matéria TV Atalaia
Matéria TV Atalaia

Invenção Sergipana Auxilia no Combate à Pandemia do Novo Corona Vírus

press to zoom
Matéria G1
Matéria G1

Pesquisadores da UFS desenvolvem máscara de ventilação não-invasiva que auxilia no tratamento contra...

press to zoom
Matéria Rádio UFS
Matéria Rádio UFS

Máscara de ventilação desenvolvida na UFS auxilia pacientes com covid-19

press to zoom
1/3

Unidades de Saúde Parceiras

Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho

Hospital Desembargador Fernando Franco

Hospital São José

Entregas realizadas

5.jpg

Estados que Receberam a Spirandi